fbpx

ACompanhamos nos últimos meses um surto sem precedentes de microcefalia no Brasil. Já registram-e mais de 400 casos notificados de recém-nascidos com microcefalia, má-formação do cérebro que pode levar a problemas graves no desenvolvimento da criança.

Os dados foram divulgados nesta terça-feira (17) pelo Ministério da Saúde. Ao todo, os casos já abrangem sete Estados: Pernambuco, Sergipe, Rio Grande do Norte, Paraíba, Piauí, Ceará e Bahia.

O maior número de notificações ocorre em Pernambuco, o primeiro Estado a perceber um avanço no diagnóstico da condição, tida como rara. Desde agosto, o Estado já soma 268 casos de bebês com microcefalia. Em seguida, estão Sergipe, com 44 casos, e Rio Grande do Norte, com 39.

Para comparação, o país somava cerca de 100 a 120 casos por ano de recém-nascidos com o diagnóstico. “A média anual já foi altamente superada”, afirma o diretor de vigilância de doenças transmissíveis no Ministério da Saúde, Cláudio Maierovitch.

Você pode conferir matéria completa no site da folha sobre a Microcefalia e o Zika vírus.

ESCOLHA O SEU ESTADO: