fbpx

Dedetização ou Controle de Pragas. Qual devo contratar?

DDT (Dicloro-Difenil-Tricloroetano) foi criado na necessidade de novos produtos menos tóxicos e mais eficientes para combater pragar urbanas. O termo dedetização é derivado da sigla DDT que foi considerado o primeiro pesticida moderno, tendo sido largamente usado após a Segunda Guerra Mundial para o combate aos mosquitos causadores da malária e do tifo.

Um inseticida barato e muito eficiente a curto prazo, porem a longo prazo tem efeitos prejudiciais à saúde humana. O DDT pode ocasionar câncer em seres humanos e interferindo na vida animal, por ser uma substância acumulativa na cadeia trófica. Por este e outros estudos, o DDT foi banido de vários países na década de 1970. No Brasil, pela Lei nº. 11.936 de 14 de maio de 2009 foi proibida a fabricação, importação, exportação, manutenção em estoque, comercialização e o uso do DDT.

Buscando atender as necessidades da sociedade no controle de pragas urbanas, e sempre buscando soluções ecologicamente corretas, trabalhamos especificamente com Controle Integrado de Pragas (CIP), um combate a pragas adequado para cada realidade, onde a utilização de produtos químicos é apenas uma das etapas do trabalho. O CIP atende aos conceitos de saúde, segurança, qualidade e respeito ao meio ambiente.

Observando a biologia do animal podemos utilizar de técnicas muito mais simples e baratas. Agindo desta forma é só uma questão de tempo para obter o resultado desejado com segurança e qualidade!